Museu da Carris

Lisboa quem és tu

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

No espaço da antiga microfilmagem do Museu da CARRIS, em Alcântara, poderá visitar a partir de Setembro o espetáculo: Lisboa quem és tu?

Este espetáculo utiliza a tecnologia mais recente de desenho digital e animação, ligando o passado ao presente. Sem qualquer barreira linguística, recorre exclusivamente à imagem e a música 100% portuguesa. Usando sistemas de multiprojeção vídeo e multidifusão sonora, conduz os espetadores, durante 30 minutos, numa viagem encantatória pelo universo da capital portuguesa.

Através de filme e animação o público terá oportunidade de descobrir a cidade do outro lado das pedras, os segredos por contar das cantarias, viajar noutras épocas, conhecer pessoas e edifícios por detrás das atuais fachadas, ouvir os sons da paisagem urbana, maravilhar-se com o esplendor da luz, encontrar os heróis da história, dar-se conta de pormenores da cidade nunca apercebidos no quotidiano, permitir-se entretecer histórias na história desta cidade porto de partida e de chegada e identificar os sítios e os lugares.

Com uma metodologia complexa de abordagem e investigação, o resultado consiste numa identificação direta do já visto ou um estímulo do levar a ver. Com coerência e imagem direta, tornando-se facilmente reconhecível, trata-se a história da cidade através dos monumentos identitários, dos locais estratégicos, dos factos e das personagens marcantes do percurso histórico de Lisboa.

A Lisboa contemporânea só é possível por um percurso harmonioso na abordagem de alguns momentos. A história não é linear, é feita de sobressaltos, de acontecimentos, de gentes que povoaram e deixaram a sua marca nos diversos momentos.

Pretende-se assim um percurso desde uma Idade média tumultuosa/ uma centralidade comercial: da Praça do Rio ao Terreiro do Paço, das Utopias na cidade à Praça do Comércio; do terramoto ao regicídio e deste à revolução dos cravos; das cetárias romanas à construção do Aqueduto das Águas Livres e às passarolas; dos Estaus aos Atos de Fé da Inquisição; dos Descobrimentos a D. Sebastião; os jardins, os palácios, os salões, os nobres, as gentes da cidade que trabalham e que quotidianamente fazem a História da cidade que pode ser lida nos desenhos da calçada, nos azulejos que contam histórias nos muros, nos símbolos de pedra que ligam as histórias à História.
Lisboa é um palco/plateia onde cada visitante é ator/espectador na tarefa fascinante de descobrir Quem és Tu, Lisboa.


Deixe-se conquistar por uma nova vista sobre Lisboa: única, criativa, surpreendente.

Produção multimédia, assinada por António Jorge Gonçalves.
Música de autores portugueses, como Luís Freitas Branco, Bernardo Sassetti, Amália e Dead Combo.

Sessões: 10:00, 11:00, 12:00, 14:00, 15:00 e 16:00 horas (de 2.ª a 6.ª feira) e 15:00 horas (aos sábados).
Veja aqui preços de acesso a este espetáculo.

Conhecer site Lisboa quem és tu?