Museu da Carris

Peça do mês|Os desaparecidos elevadores de Lisboa-O Ascensor da Estrela

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

2017-03-31

março

Aumentar Peça do mês|Os desaparecidos elevadores de Lisboa-O Ascensor da Estrela
Estabelecendo ligação entre a Praça de Luís de Camões e o Largo da Estrela, este ascensor, construído pela Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa, foi inaugurado em agosto de 1890.
Acionado por um sistema de tração funicular de cabo sem fim, utilizava composições formadas por um carro rebocador, aberto, e por uma carruagem de caixa fechada sendo as lotações, naquele, de 8 lugares sentados, e nesta, de 10 lugares sentados e 4 de pé em cada plataforma.
O serviço estendia-se das 8 da manhã às 9 da noite, com uma interrupção entre o meio dia e as duas da tarde, e as viagens custavam 1 pataco (40 réis) entre o Camões e a Estrela, ou 1 vintém (20 réis) do Poço dos Negros para qualquer dos terminais.
Os “machimbombos” da Estrela (nome porque eram conhecidos os carros), deixaram de funcionar em 1913.

< voltar