Museu da Carris

Peça do mês | Os carros operários

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

2017-02-01

fevereiro

Aumentar Peça do mês | Os carros operários
A 26 de Julho de 1935 é celebrado um contrato entre a Carris e a Câmara Municipal de Lisboa que determina a criação dos “carros operários”, com tarifa especial de ida e volta.
“A partir de 1 de Agosto próximo futuro a Companhia Carris de Ferro de Lisboa, porá em vigor uma tarifa extraordinária com preços reduzidos para os operários, nas carreiras seguintes:
a) Belém a Almirante Reis;
b) Praça do Comércio ao Alto de S. João;
c) Belém ao Caminho-de-ferro;
d) Ajuda ao Rossio;
e) Rossio ao Poço do Bispo.
A Companhia porá em serviço nas carreiras acima descritas e em ambos os sentidos, carros para operários;
Estes carros com a designação “carros para operários”, farão serviço todos os dias úteis e em todos estes carros acima indicados serão vendidos bilhetes a preços reduzidos, só até às sete horas e trinta minutos e em qualquer ponto do seu percurso, entrando em vigor depois desta hora os bilhetes de tarifa ordinária.
O estabelecimento das tarifas e carreiras referidas nesta escritura representa uma concessão voluntária da Companhia Carris, não prevista nos contratos celebrados com a Câmara Municipal de Lisboa e que não afectará, por qualquer forma, os direitos ou obrigações dos referidos contratos, podendo a todo o tempo ser livremente modificada ou anulada pela Companhia Carris de Ferro, se o seu interesse o exigir.”
Estas tarifas estiveram em vigor até ao início dos anos 70.

< voltar