Museu da Carris

ESPELHO DA SALA DE PLANTÕES

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

2014-06-30

peça do mês de junho

Aumentar ESPELHO DA SALA DE PLANTÕES
Desde há longos anos em todas as Estações da CARRIS, com exceção da de Miraflores, existem uns espelhos de parede que, dado o local em que habitualmente se encontram, são conhecidos na gíria da empresa como “Espelhos da Sala de Plantões”.

Com oitenta centímetros de largura por cento e oitenta centímetros de altura, e protegidos por caixilhos de madeira, refletiam a permanente preocupação da empresa pelo modo como o seu pessoal tripulante se apresentava perante o público, o que está bem patente no conjunto de normas e conselhos que neles aparecem gravados:

Mais um minuto e veja como
Se apresenta ao serviço.
Atenção! A barba está feita e o
 Fato bem limpo?
Note bem
Um aspecto de limpesa
Agrada a todos

E se alguém mais atento, estranhar que na palavra limpesa o s substitua o z atualmente, tal não se deve a um erro de ortografia, mas sim ao modo como antigamente a palavra se escrevia.

Este espelho, aqui em exposição, data de 1937 e estava na Sala de Plantões da Estação de Santo Amaro que, na época, se chamava Sala dos Condutores.

< voltar