Museu da Carris

Destaques

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

 
Esteja atento às principais notícias e atividades do Museu!

 
06.05.13 Newsletter do Museu
Aumentar

Já está disponivel a nova newsletter do Museu da CARRIS onde pode encontrar todas as novidades sobre o Museu.

01.05.13 Descontos no Museu
Aumentar

Aproveite os descontos que o Museu da CARRIS e o Museu Arqueológico do Carmo têm para lhe oferecer.

O Museu da CARRIS e o Museu Arqueológico do Carmo, associam-se numa parceria que oferece descontos aos seus visitantes.
Agora, o bilhete do Museu Arqueológico do Carmo dá acesso a 50% de desconto na entrada no Museu da CARRIS e o bilhete do Museu da CARRIS dá acesso a 40% de desconto na entrada no Museu Arqueológico do Carmo.
Aproveite esta oportunidade.

30.04.13 "Divagações" no Museu da CARRIS
Aumentar

“Divagações”. Assim se intitula a nova exposição patente na Galeria do Museu da CARRIS, em exibição de 26 de janeiro a 30 de abril. Em colaboração com a Galeria Caroline Pagès, o espaço apresenta obras de quatro artistas que traçam um paralelismo entre a arte e o mundo interior dos passageiros anónimos dos transportes públicos.
  
António Pedro Mendes, comissário da exposição, define as obras como representações do “encarreirar/pensar/divagar com que vamos tecendo os dias neste percurso a que se chama vida”. António Pedro Mendes explica que as obras de Carla Cabana, Jorge dos Reis, Mariana Marote e Pinto Martinho da Silva foram escolhidas de modo a dar a conhecer ao espectador os “pensamentos dispersos e as reflexões (divagações) que invadem cada indivíduo, enquanto anónimo, mal entra num autocarro ou elétrico. E também porque, estando num Museu da Carris, faria todo o sentido desenvolver algo ligado à vida deste edifício.”
  
O título da exposição funde-se com a história do local onde está exposta, representando emoções específicas. Para o curador, António Pedro Mendes, “Mariana Marote inspira os visitantes a poderem criar as suas próprias divagações perante a possibilidade de conceder um novo final a um aparentemente já existente, mostrando que há sempre novas perspetivas, novos percursos, novas paragens.”
  
Por seu lado, Jorge dos Reis revela estranhas palavras, criadas para denunciar a parafernália informativa que invade os sentidos, na pós-modernidade, permitindo ao visitante refletir sobre o motivo de tanta informação. Paralelamente, um vídeo da artista Carla Cabanas mostra que “cada pessoa, ao desenhar um mapa imaginário para ir de um ponto “a” a um ponto “b”, não está mais do que a desenhar as suas próprias convicções do mundo”, adianta António Pedro Mendes.
  
Por fim, as telas de Pinto Marinho da Silva transportam os visitantes, através de cores quentes, para todos os sítios ou para lugar nenhum. “Questionar, questionar, questionar!?”. É uma dúvida que Pinto Marinho deixa em aberto e que António Pedro Mendes realça sob a forma de um desafio.
  
Galeria Caroline Pagès
A Galeria Caroline Pagès (www.carolinepages.com) é uma galeria de arte contemporânea que abriu em 2007 num espaçoso apartamento de Lisboa. A fundadora Caroline Pagès é natural de França. Representa artistas estabelecidos e emergentes, tanto portugueses como internacionais, que produzem pintura, desenho, fotografia, instalação, escultura e vídeo. A galeria trabalha na promoção dos seus artistas numa escala internacional, produzindo exposições nas suas instalações assim como em centros de arte, instituições, museus e outras galerias.
 

Museu da CARRIS
 
Inaugurado no dia 12 de Janeiro de 1999 por Sua Excelência o Presidente da República, o Museu da CARRIS tem como missão e objetivos não só a constituição de um acervo patrimonial capaz de, através dos objetos considerados de valor histórico, assegurar um conhecimento global da Empresa e da contribuição prestada ao longo da sua existência ao quotidiano e ao desenvolvimento de Lisboa, mas também a manutenção, exposição e divulgação desse acervo.
 
Com o seu Museu, a CARRIS tem o prazer de divulgar ao público em geral as suas memórias e o contributo que há mais de um século vem prestando ao desenvolvimento de Lisboa.
 
A Galeria do Museu da CARRIS situa-se no Complexo da CARRIS de Santo Amaro, na Rua 1º de Maio nº 101-103, em Lisboa. Horário: Aberto todos os dias das 10h às 17h, exceto Domingos e feriados.

29.03.13 1ª Maratona Fotográfica CARRIS Metro
Aumentar

Veja a exposição dos trabalhos premiados nesta iniciativa de 15 a 29 de março, no Museu da CARRIS.

Para saber mais sobre este projeto clique aqui.

22.03.13 Mercado no Museu
Aumentar

Encontre o Mercado Gastronomia e Arte Popular nos dias 22, 23 e 24 de março no Museu da CARRIS, entre as 12:00 e as 20:00 horas.

Para saber mais clique aqui.

31.12.12 Boas Festas
Aumentar

31.12.12 Tempos de Vista
Aumentar

A Inauguração da Exposição será no dia 9 de novembro pelas 17:30 horas, que contará com a presença das cinco artistas. A exposição estará aberta ao público até dia 15 de Dezembro, de Segunda a Sábado, entre as 10:00 e as 18:00 horas.
 
Durante o período de exposição realizam-se dois Workshops, nos dias 10 e 24 de novembro. O primeiro workshop intitulado Atelier na Carpintaria Mecânica terá a duração de 90 minutos, entre as 10:30 e as 12:00 horas, e destina-se a crianças entre os 7 e os 11 anos. Será dirigido pela monitora Inês Teles, que fará uma breve visita à exposição Zona Desactivada, seguida de uma actividade que combina o desenho projectual e a pintura acrílica. Ter-se-á a oportunidade de planear e realizar a imagem exterior de um autocarro/ elétrico. O autocarro projectado pelo artista Eduardo Nery e a obra colectiva dos Tempos de Vista irão inspirar a criação de novos modelos.
 
O segundo workshop Cianotípia no Museu da Carris, terá a duração de quatro horas entre as 14:00 e as 18:00 horas, e destina-se a jovens a partir dos 16 anos. Com a presença da artista Xana Sousa propõe-se que experimentem a técnica fotográfica da cianotípia num diálogo com os objectos do Museu da Carris. Moldes de madeira e outros objectos esquecidos que existem na Antiga Carpintaria da Carris estão à nossa disposição para podermos criar diversas composições de tons azuis. Os químicos utilizados neste processo permitem que o suporte fique sensível à luz solar e deixe a nossa composição gravada no suporte de tecido ou papel que iremos utilizar.
 
No último dia de exposição, 15 de Dezembro, haverá Mesa Redonda pelas 16:00 horas, com a presença das artistas e dos autores do texto para o Catálogo Tempos de Vista – Zona Desactivada.

Para esta conversa informal que abordará os aspetos de pesquisa e/ou históricos, o projecto e o processo de produção artística, contamos com o testemunho do Professor Doutor
 
Catedrático Carlos Vidal (FBAUL), do Professor Doutor Fernando Rosa Dias (FBAUL), da Curadora Susana Fonseca (Museu da Carris). Pelas 18:00 horas do dia 15 de Dezembro, encerramos o período expositivo com uma Finissage.

Tempos de vista na imprensa: Noticia Vogue
 

30.11.12 Pedro Valdez Cardoso
Aumentar

Pedro Valdez Cardoso expõe na Galeria do Museu da CARRIS
 
O artista plástico Pedro Valdez Cardoso inaugura no próximo dia 25 de Outubro, na Galeria do Museu da CARRIS, a nova exposição intitulada de “Sightseeing”. O projeto elaborado em parceria com a Galeria Caroline Pagès é comissariada por Bruno Leitão e vai estar em exibição até dia 29 de Dezembro.
 
“Sightseeing”, segundo Bruno Leitão “é um projeto que tem como um dos alvos a ideia de turismo, mas que, cujo título enganadoramente, sugere essa agradável ideia de conhecimento que acumulamos ao visitar em lazer um sitio que nos é estranho ou no mínimo pouco familiar. A palmeira de napa remete de imediato para uma ideia de viagem e de tropicalidade...tal como as inúmeras palmeiras que existem em Lisboa, reminiscentes de um passado ligado às colónias e como afirmação de um cosmopolitismo inédito na Europa no que toca ao contacto com o Mundo não Ocidental.”
 
Esta exposição agrega a promessa do Modernismo, dos transportes e do bem-estar prometido por um Mundo que assegurava um futuro cada vez melhor para cada geração vindoura com empregos sustentáveis e tempo de lazer de sobeja, contra um sentimento de insatisfação, seja este real ou fruto do tédio da juventude.
 
Pedro Valdez Cardoso nasceu em Lisboa onde atualmente reside e trabalha. Formou-se em Realização Plástica do Espetáculo pela Escola Superior de Teatro e Cinema e realizou um Curso Avançado de Artes Visuais pela Escola de Artes Visuais Maumaus, em Lisboa.
 
A nível individual expos vários trabalhos entre eles:“Les Dresseurs” na Galeria Presença no Porto (2011); “Mme. Pompadour voyage en Afrique”, Galeria Bacelos em Vigo - Espanha (2009); “Crude”, Museu da Cidade em Lisboa (2007); “Areias Movediças" no Centro Difusor de Arte em Lisboa (2005).
 
Tem trabalhos seus em algumas exposições coletivas tais como: “O Fim do Mundo”, Centre Culturel de Rencontre Abbaye de Neumünster, Luxemburg (2012); “MUITO OBRIGADO – Artistas portugueses en la colección de la Fundación Coca-Cola”, DA2 Domus Artium, Salamanca, Espanha (2010); “Café Portugal, Design Factory”, Bratislava, Eslovénia; “Where are you From? – Contemporary Art from Portugal”, Faulconer Gallery, Grinel College, Iowa/USA (2008).

Está representado em várias coleções públicas e privadas espalhadas por Portugal, Espanha, Suíça, Noruega e E.U.A.
 
Galeria Caroline Pagès

A Galeria Caroline Pagès (www.carolinepages.com) é uma galeria de arte contemporânea que abriu em 2007 num espaçoso apartamento de Lisboa. A fundadora Caroline Pagès é natural de França. Representa artistas estabelecidos e emergentes, tanto portugueses como internacionais, que produzem pintura, desenho, fotografia, instalação, escultura e vídeo. A galeria trabalha na promoção dos seus artistas numa escala internacional, produzindo exposições nas suas instalações assim como em centros de arte, instituições, museus e outras galerias.
 
Museu da CARRIS

Inaugurado no dia 12 de Janeiro de 1999 por Sua Excelência o Presidente da República, o Museu da CARRIS tem como missão e objetivos não só a constituição de um acervo patrimonial capaz de, através dos objetos considerados de valor histórico, assegurar um conhecimento global da Empresa e da contribuição prestada ao longo da sua existência ao quotidiano e ao desenvolvimento de Lisboa, mas também a manutenção, exposição e divulgação desse acervo.
 
Com o seu Museu, a CARRIS tem o prazer de divulgar ao público em geral as suas memórias e o contributo que há mais de um século vem prestando ao desenvolvimento de Lisboa.
 
A Galeria do Museu da CARRIS situa-se no Complexo da CARRIS de Santo Amaro, na Rua 1º de Maio nº 101-103, em Lisboa. Horário: Aberto todos os dias das 10h às 17h, exceto Domingos e feriados.

20.09.12 140 anos da CARRIS
Aumentar

Comemorações do aniversário da CARRIS no Museu da CARRIS

A partir de 20 de setembro, não deixe de visitar o Museu da CARRIS e conheça os nossos projetos.

Integrados nas comemorações dos 140 anos da CARRIS, o Museu desenvolveu um conjunto de parcerias que visam tornar o espaço de Santo Amaro um Polo Cultural da cidade a visitar. A partir de 20 de setembro, visite o Museu da CARRIS e descubra os novos projetos.

  • “Tempos de Vista” - residência artística num espaço que a CARRIS detém num prédio junto às instalações do Museu, onde esteve em tempos instalada a “Antiga Carpintaria”, atualmente desativada e desocupada. A Empresa pretende agora dar uma nova vida a este espaço, mediante a concretização de uma parceria com vários artistas no âmbito do projeto “Tempos de Vista”. Este projeto visa trabalhar espaços com valor histórico, através da intervenção artística do mesmo, pretendendo estabelecer a relação entre o passado e o presente do “lugar”, permitindo a sua revisitação, por parte de um público mais especifico, aqueles que habitam e fruem a zona circundante dos edifícios escolhidos e um público mais abrangente, artístico e generalista.
  • Nova loja MUSEU e novo merchandising - a "nova" loja do Museu CARRIS, que conta agora com uma nova disposição e uma oferta de produtos mais alargada e pensada para os públicos nacional e turistas.
  • 3º núcleo do Museu - dedicado a "veículos a aguardar restauro", onde os visitantes poderão relembrar ou conhecer veículos até aqui afastados do olhar público.
  • Village Underground - O Village Underground (VU) é uma plataforma internacional para a cultura e para a criatividade, que existe em Londres e que está em fase de implementação em Berlim e em Lisboa, sendo uma marca em expansão. A CARRIS associou-se ao projeto através da cedência de dois autocarros antigos, de marca Daimler Fleetline, os quais se destinam a servir de espaço de trabalho para desenvolvimento de atividades criativas por parte de artistas nacionais e estrangeiros.

Lost & Found">14.09.12 Lost & Found">Exposição Lost & Found
Aumentar

Museu da Carris inaugura Galeria de Arte Contemporânea

Exposição Lost & Found em parceria com a Galeria Caroline Pagès

O Museu da CARRIS, que integra desde 2010 a Rede Portuguesa de Museus, continuando a posicionar-se como um pólo cultural da cidade de Lisboa, vai inaugurar, no mês de junho, na Galeria do Museu, a exposição Lost and Found, da artista Marta Moura. Este evento marca, ainda, o arranque da parceria com a Galeria de Arte Contemporânea Caroline Pagès, que será responsável, durante o próximo ano, pela programação, na nova Galeria do Museu da CARRIS, de diversas exposições individuais e coletivas.

A inauguração da primeira exposição tem data marcada para dia 21 de Junho, a partir das 18 horas e pode ser visitada até ao dia 29 de Setembro de forma gratuita, quer pelos visitantes do Museu da CARRIS, quer por colaboradores da CARRIS e por todos os interessados. Esta exposição retrata, num conjunto de pinturas em papel e ainda noutro de esculturas, os mais diversos objetos que diariamente se perdem nos veículos da CARRIS, como carteiras, livros, óculos, sapatos, brinquedos, guarda-chuvas, aparelhos de medição da glicemia ou mesmo próteses dentárias.

“Como repositório, um museu da vida quotidiana, cada objeto deixa adivinhar uma história. A importância sentimental e o valor material para a pessoa que o perdeu, as vivências subentendidas que cada coisa encerra, as possíveis transformações e consequências que a perda causou… Como arqueologia da vida contemporânea, a leitura dos objetos pode definir a própria estrutura e cultura da sociedade, como retrato da própria cidade caracterizado e mediado pelos objetos”, afirma Marta Moura.

Biografia Marta Moura

Em 2007 Marta Moura (Lisboa 1978) concluiu o Mestrado em Pintura pela FBAUL com o trabalho resultante exposto na Sala do Veado (MNHN) naquele ano, tendo completado já em 2002 a Licenciatura em Pintura na ESAD, Caldas da Rainha. Em 2007 foi selecionada para o III Prémio de Pintura Ariane de Rothschild em Lisboa e participou num reconhecido evento coletivo - Rasura - que teve lugar no espaço Avenida 211, também em Lisboa. Recentemente a artista foi selecionada para integrar a bienal Jeune Création Européenne 2011-2013 que viaja através da Europa, sendo apresentada também em Amarante, Portugal, em 2013. Nos últimos anos, a artista tem participado em diversas exposições coletivas na Áustria (Pavilhão de Portugal, Hangar-7, Salzburgo, 2009) e Portugal (XV e XVI Bienal de Cerveira, Galeria Luís Serpa Projectos, Junho das Artes, Óbidos, 2009 comissariado por Luís Serpa, Artecontempo e Hospital Júlio de Matos). O seu trabalho encontra-se ainda incluído na coleção da Fundação PLMJ (Lisboa), da Fundação Ilídio Pinho (Porto), do Museu da Bienal de Cerveira, na coleção Safira e Luís Serpa e em coleções privadas em Portugal, França e Áustria. A artista é representada pela Galeria Caroline Pagès em Lisboa, onde exibe regularmente.

Galeria Caroline Pagès

A Galeria Caroline Pagès (www.carolinepages.com) é uma galeria de arte contemporânea que abriu em 2007 num espaçoso apartamento de Lisboa. A fundadora Caroline Pagès é natural de França. Representa artistas estabelecidos e emergentes, tanto portugueses como internacionais, que produzem pintura, desenho, fotografia, instalação, escultura e vídeo. A galeria trabalha na promoção dos seus artistas numa escala internacional, produzindo exposições nas suas instalações assim como em centros de arte, instituições, museus e outras galerias.

18.05.12 Venha comemorar o Dia Internacional dos Museus
Aumentar

O Museu da CARRIS associa-se mais uma vez aos festejos do Dia Internacional dos Museus – 18 de maio – e Noite dos Museus19 de maio.

O Dia Internacional dos Museus comemora-se desde 1977. Este dia é uma ocasião para realçar o papel e importância dos Museus no desenvolvimento das sociedades. Recentemente, cerca de 30.000 Museus de mais de 100 países comemoram este dia, facultando ao público uma grande variedade de iniciativas.
O tema deste 35.º aniversário do Dia Internacional dos Museus é MUSEUS NUM MUNDO EM MUDANÇA: NOVOS DESAFIOS, NOVAS INSPIRAÇÕES.

O Museu da CARRIS estará aberto, facultando entrada gratuita:
                18 de maio (6.ª feira) – das 10:00 às 17:00 horas
                19 de maio (sábado) – com entrada gratuita entre as 17:00 e as 24:00 horas.

Aproveite e assista ao concerto da Orquestra Ligeira da Banda de Música da CARRIS, que se realiza às 21:30 horas, no Museu da CARRIS no dia 19 de maio. Consulte o programa deste dia aqui.

Participe, visite o Museu da CARRIS!

12.05.12 Noivos de StºAntónio visitam Museu CARRIS
Aumentar

Pelo quinto ano consecutivo, a CARRIS “apadrinhou” os Casamentos de Santo António, proporcionando um passeio muito especial aos 16 casais de Noivos que, este ano, concorreram a esta iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Lisboa, organizando uma viagem a bordo de um autocarro de dois pisos, da coleção do Museu, entre os Paços do Concelho e Santo Amaro.

O passeio decorreu no passado dia 12 de maio (sábado), tendo os noivos entrado a bordo do autocarro nos Paços do Concelho, com destino ao Museu da CARRIS, em Santo Amaro.

Após o passeio, os Noivos de Santo António foram recebidos no Museu da CARRIS onde tiveram a possibilidade de visitar este espaço cultural.

O Museu da CARRIS decidiu, deste modo, colaborar nesta iniciativa, já com tradição na cidade de Lisboa, proporcionando uma viagem no tempo a tão especiais passageiros.

12.03.12 Amarelos da CARRIS na imprensa europeia
Aumentar

Visite o Museu da CARRIS e conheça o novo espaço de exposições temporárias, denominado Galeria Museu da CARRIS.

Percorra a exposição "Os Amarelos da CARRIS na Imprensa Europeia", presente neste espaço a partir de 12 de março.

Os "amarelos da CARRIS na imprensa europeia” é uma exposição que estará a partir de março patente na galeria de exposições da CARRIS tendo esta exposição estado já patente no museu da CARRIS: elétricos, elevadores e ascensores tornaram-se elementos indissociáveis da paisagem e do quotidiano lisboeta, utilizados diariamente por milhares de pessoas, entre os quais turistas que utilizam este meio de transporte para conhecer os recantos da capital.
A função turística dos elétricos alfacinhas fez-se notar pelos artigos e reportagens de vários países europeus, publicados entre 2000 e 2004, que destacaram os elétricos, elevadores e ascensores como verdadeiros "símbolos" da cidade de Lisboa.
Esses artigos e peças jornalísticas europeias foram transformados em 30 painéis onde figuram carreiras "clássicas" como a do elétrico 28 que liga o Martim Moniz aos Prazeres, em Campo de Ourique, dando acesso ao Castelo de S. Jorge e a algumas das mais belas panorâmicas da cidade, e reunidos numa exposição intitulada «Os Amarelos da CARRIS na Imprensa Europeia», que esteve patente no Museu da Carris e volta agora a estar disponível para quem a quiser visitar, face ao seu interesse e atualidade, na Galeria de Exposições da CARRIS na rua 1.º de maio. 
Nos artigos jornalísticos expostos foram também retratados outros ícones históricos que já se tornaram ex-libris de Lisboa, como o elevador de Sta. Justa e os ascensores da Glória, Bica e Lavra. Esta exposição assentou no conceito de uma integração natural da CARRIS na paisagem da capital e constituiu um reconhecimento da beleza quotidiana que os "alfacinhas" desfrutam, há mais de 100 anos e um contributo da imprensa internacional para a projeção turística de Lisboa.

16.02.12 WRC Team MINI apresentado no Museu da CARRIS
Aumentar

O Museu da CARRIS serviu como palco para a cerimónia oficial de apresentação da equipa WRC TEAM MINI PORTUGAL. Após a estreia desportiva no Rali da Suécia, disputado na passada semana, todos os detalhes deste novo e ambicioso projecto foram agora apresentados oficialmente. Armindo Araújo e Miguel Ramalho, a dupla principal da equipa WRC TEAM MINI PORTUGAL, foram os grandes anfitriões da cerimónia que contou com a presença de todos os parceiros, muitos jornalistas e inúmeros convidados.
As honras de abertura estiveram a cargo de Helder Boavida, Director Geral do BMW Group Portugal, que não quis deixar de salientar todo o empenho desenvolvido pela MINI na criação deste projecto “Ter o nome de Portugal numa equipa inscrita no FIA WRC, como M1, é extraordinário. A nossa aventura nos ralis arrancou no ano passado com o Armindo, enquanto piloto da equipa satélite e, este ano, assumimos um papel mais activo. Internacionalmente as condições para o envolvimento da MINI, a longo prazo, no FIA WRC foram criadas e nós, MINI Portugal, não poderíamos deixar de investir mais neste projecto, especialmente quando temos um piloto português, como o Armindo Araújo, envolvido. Assim, a MINI Internacional e MINI Portugal uniu esforços e, em conjunto, assumimos o patrocínio da equipa”, disse.
A Armindo Araújo, coube a tarefa de encerrar a cerimónia. “Lutei sempre desde o primeiro rali por conseguir chegar mais alto. Todos os títulos que alcancei foram muito importantes, mas este é o maior e ambicioso projecto de sempre. Pela primeira vez Portugal tem um piloto a disputar todas as provas do WRC, o seu nome numa equipa no Campeonato do Mundo de Ralis e inscrita como construtora oficial de uma marca. Melhor era praticamente impossível. Por tudo isto, só tenho que agradecer em primeiro lugar a MINI por ter depositado em mim toda a confiança e aos meus parceiros que continuaram a apoiar-me. Sem eles este dia não seria possível. Todos sabemos que não é possível vencer de um dia para o outro e, por isso, de minha parte podem contar com o maior empenho e com a certeza que darei sempre o máximo para conseguir os melhores resultados possíveis”, afirmou o piloto de Santo Tirso.

12.01.12 Aniversário do Museu da CARRIS
Aumentar

O Museu da CARRIS celebra, no próximo dia 12 de janeiro, o seu 13º aniversário.
Decidimos comemorar esta data de uma forma diferente e, como tal, os primeiros 13 visitantes do Museu neste dia serão surpreendidos com presentes. Temos desde livros sobre o Elétrico 28, a edições de “Os amarelos da CARRIS na imprensa Europeia”, kits “Viva Lisboa com a CARRIS” e entradas no Jardim Zoológico de Lisboa. O objetivo é comemorar 13 anos dedicados à memória do transporte público em Lisboa.

Não perca esta oportunidade e surpreenda-se numa visita ao Museu da CARRIS.
Horário: De segunda a sexta-feira, das 10:00 às 17:00 horas. Encerra para almoço aos sábados, entre as 13:00 e as 14:00 horas. Fechado aos domingos e feriados.
Preço: Adultos, €2,50. Crianças até aos 12 anos e adultos acima dos 65 anos, €1,25. Família (2 adultos e 2 crianças), €4,00
Morada: Complexo da CARRIS de Santo Amaro, na Rua 1º de Maio nº 101-103, em Lisboa. Integra, desde o ano passado, a Rede Portuguesa de Museus.
Telefone: 213 613 087 | E-mail: museu@carris.pt

30.12.11 Aluguer de espaços
Aumentar

Pela sua história, pela sua associação à cidade de Lisboa e pelos conteúdos que oferece ao visitante, o Museu da CARRIS apresenta-se como um espaço privilegiado para a realização de eventos.

O aluguer de qualquer espaço do Museu da CARRIS implica exclusividade e independência, atendendo a que todo o espaço alugado fica reservado para o evento. Conforme as conveniências específicas de cada situação é possível facultar a utilização gratuita de um parque para estacionamento de viaturas, com lotação até ao limite de 82 lugares, podendo, ainda, ser efectuada uma viagem entre os dois núcleos do Museu num eléctrico histórico de 1901.

Desde cocktails a jantares de gala, exposições, lançamento de produtos, workshops, temos quatro espaços adaptados a satisfazer as exigências de cada iniciativa. 

Para mais informações contactar:
E-mail: museu@carris.pt
Telefone: 21 361 30 87

Para saber mais clique aqui

29.12.11 Filme "Viagens com Vida"
Aumentar

O Museu da CARRIS continua a apostar em novas iniciativas que visam dinamizar o seu espaço e proporcionar experiências diferenciadas a todos os visitantes. Foi por este motivo que, desde dia 19 de Setembro, foi inaugurado um novo espaço denominado “Sala Multimédia” no espaço do Museu (Núcleo II, junto à Loja).
Nesta sala de cinema, os visitantes podem visualizar o filme “Viagens com Vida, que reúne um conjunto de testemunhos de antigos colaboradores da Empresa, que nos relatam experiências vividas no tempo que trabalharam na CARRIS. 

28.12.11 Galeria do Museu da CARRIS
Aumentar

Desde o dia 18 de Maio 2011, o Museu da CARRIS conta com uma Galeria para exposições temporárias que está aberto aos trabalhos de artistas e a outros de carácter cultural.

Este espaço será destinado a pinturas, esculturas e todas as formas de expressão das artes visuais. 

Actualmente encontra-se a decorrer a exposição de Francisco Vilaça. Visite o Museu da CARRIS e venha conhecer o trabalho deste artista, numa exposição com o tema "Retrospectiva", patente neste espaço até ao dia 30 de Julho.

24.12.11 Museu da CARRIS encerrado

O Museu da CARRIS estará encerrado nos próximos dias 24 e 31 de Dezembro (Sábados).

31.10.11 Miguel Telles da Gama
Aumentar

"SOME FOF US WILL ALWAYS STAY BEHIND"
MIGUEL TELLES DA GAMA
De 19 de Setembro a 4 de Novembro, de 2ª feira a Sábado das 10:00 às 17:00 horas, visite a exposição de pintura "Some of us will always stay behind", de Miguel Telles da Gama, patente na Galeria Museu da CARRIS.

24.10.11 Ascensor da Glória
Aumentar

É já no próximo dia 24 de Outubro (2ª feira) que o Ascensor da Glória celebra o seu 126º aniversário.
Considerado um verdadeiro ex-líbris da cidade, o Ascensor da Glória atrai diariamente milhares de turistas e, naturalmente, os próprios lisboetas. 
Foi inaugurado em 1885, estabelecendo a ligação entre a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto. Volvidos 100 anos, deu nome ao novo álbum de originais dos Rádio Macau, alcançando também a popularidade a nível nacional através de um hit da música portuguesa.

Venha celebrar esta data com a CARRIS
Adquira o bilhete-postal com franquia incluída (Inteiro Postal) alusivo a esta data, para circulação em todo o território nacional, da autoria do designer Francisco Galamba, com uma tiragem de 15 mil exemplares, à venda, pelo preço de  €0,32, nas Estações de Correio. 
Entre as 14:00 e as 17:00 horas, é possível adquirir o Inteiro Postal no Ascensor da Glória, bem como carimbar o mesmo com o timbre comemorativo do aniversário deste ascensor, no posto de selo criado especialmente para assinalar a data, na Estação de Correios dos Restauradores.

Mais de um século ao serviço de Lisboa
Electrificado a partir de 1915, o Ascensor da Glória funcionava, inicialmente, com um sistema de tracção de cremalheira e cabo por contrapeso de água, e consistia, fundamentalmente, em dois carros ligados por um cabo subterrâneo subindo e descendo, alternada e simultaneamente, em duas vias paralelas assentes ao nível do chão. O seu movimento era determinado pelo peso da água que, na Estação Superior, era adicionada à viatura descendente e despejada quando esta chegava aos Restauradores.
Em 1915, os trabalhos de alteração trouxeram consigo profundas mudanças. A via passou a apresentar apenas os carris em que assentam os rodados dos carros e a fenda que alberga o cabo que os une, tendo a cremalheira desaparecido. Os carros passaram a funcionar por meio de motores eléctricos instalados a bordo e ligados em série, sendo necessária a manobra conjunta dos seus tripulantes para os pôr em movimento, mas a intervenção de apenas um para os imobilizar. 
As carroçarias eram, então, em madeira, da cor do mogno. O amarelo como cor distintiva só surgiu após 1926 quando a Nova Companhia dos Ascensores Mecânicos de Lisboa foi dissolvida e o ascensor se tornou propriedade da CARRIS.
Em Abril de 2006, por questões de segurança relacionadas com obras de manutenção no Túnel do Rossio, o Ascensor da Glória interrompeu a sua actividade, tendo-a reiniciado a 18 de Setembro de 2007.

16.09.11 Movimento Mulheres Portuguesas
Aumentar

Não perca a oportunidade de conhecer a exposição de fotografia de Gonçalo Cunha de Sá do "Movimento Mulheres Portuguesas".

Esta exposição tem entrada gratuita e estará presente na Galeria Museu da CARRIS até ao dia 15 de Setembro.

Gonçalo Cunha de Sá, fotógrafo licenciado pela Universidade Napier, Edimburgo, no curso de Photography, Film & Imaging, completou módulos extra sobre Marketing, Linguagem e Comunicação Visual no departamento de Marketing da mesma Universidade.Fotógrafo freelancer, especializou-se em retrato e trabalha com agências de Publicidade e Comunicação.Ligado a causas sociais desde 1995, tem fotografado campanhas para organizações sociais várias.Professor de fotografia e projectos fotográficos. Tem 1 livro publicado e foi co-autor em outros 3.Como artista está representado no Centro Português de Fotografia/Ministério da Cultura, Palácio do Correio Velho, Museu da Imagem - Braga, Ateneo de Cáceres, Colecções particulares.Ganhou 2 Menções Honrosas no Prix de la Photo Paris 2009 em portfolio retrato e portfolio livre entre 68 países concorrentes.

15.09.11 2ª Conferência de Mobilidade Urbana
Aumentar

No próximo dia 15 de Setembro (5ª feira) irá realizar-se no Museu da CARRIS a 2ª Conferência de Mobilidade Urbana - Gestão Inteligente e Competitividade.
Esta conferência surge como o palco onde serão expostas as estratégias para uma gestão eficiente da mobilidade urbana nos tempos actuais. Neste espaço de apresentação dos planos que traçam os caminhos para o futuro, serão ouvidos os grandes especialistas, decisores, técnicos e empresas que, a nível nacional e internacional trabalham no sector desenvolvendo soluções para uma estrutura de transportes e mobilidade mais forte e organizada nas cidades.
Temáticas a abordar:
  • Livro Branco dos Transportes 2050
  • Mobilidade como factor de Competitividade e Inovação dos Territórios Urbanos
  • Transportes Individuais e Colectivos: Gestão Inteligente e Criatividade
  • Mobilidade e Veículos Eléctricos: Novas perspectivas
  • Mesa redonda: Mobilidade para a qualidade dos territórios urbanos
Data: 15 de Setembro
Local: Museu da CARRIS
Acessos: 15E | 714 | 727 | 732 | 742 | 751 | 756 | Só até ao Largo do Calvário 720 | 738 | 760 | 
Inscrições e Informações: 218 806 129 | geralarquitecturas@about.pt

30.07.11 Exposição de Francisco Vilaça
Aumentar

Visite o Museu da CARRIS e conheça o novo espaço de exposições temporárias, denominado Galeria Museu da CARRIS.

Percorra a exposição "Retrospectiva" do escultor Francisco Vilaça, presente neste espaço até dia 30 de Julho.

Obra de Francisco Vilaça:

Francisco Vilaça nasce em Lisboa a 11 de Maio de 1957. Em 1989 tira o curso de Escultura, financiado pelo INATEL, posteriormente estuda Desenho e Pintura.
Ex-Director Artístico da Galeria da Cervejaria Trindade.
Monitor de Escultura do INATEL.

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS:
1993 - Junta de Freguesia da Pontinha, com o apoio da Câmara Municipal de Loures
1995 - Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa
1996 - Exposição de Escultura IX Sessão Anual da Academia Olímpica de Portugal, Castelo de Vide; Centenário dos Jogos Olímpicos Universidade, Lusófona de Humanidades e Tecnologias Lisboa;  3ª Festa da Federação Portuguesa de Atletismo, Hotel Alfa (Lisboa)
1997 - Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa
1998 - Galeria Municipal de Corroios, Seixal; Galeria Obra Darte Lisboa; Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa
1999 - Galeria Obra Darte, Lisboa; Espaço Cultural CARRIS; Galeria de Arte, Direcção Geral dos Serviços Judiciários, Lisboa
2000 - Galeria Municipal Artur Bual, Amadora; 6ª Gala da Federação Portuguesa de Atletismo, Hotel Alfa Lisboa
2001 - Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa; Trilogia – Fantástica Reflexos e Contrastes
2003 - Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa; Turismo da Moita “Câmara Municipal da Moita”
2004 - Galeria de Arte da Direcção Geral da Administração de Justiça, Lisboa; Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa
2005 - Galeria Ordem dos Médicos, Lisboa
2006 - Galeria Ordem dos Médicos, Lisboa; Galeria Palpura Restelo Lisboa
2007 - Direcção Geral da Administração de Justiça
2008 - Galeria do Museu de Cerâmica das Caldas da Rainha; Galeria “D´Arte”, Braga

REPRESENTADO EM COLECÇÕES:
Câmara Municipal da Amadora
Câmara Municipal do Seixal
Federação Portuguesa de Atletismo
Hotel Radissom SAS
Associação Artes Seixal

TRABALHOS PÚBLICOS:
Vide – Guarda
Ilha do Pico – Açores
Colecções no Estrangeiro:
Espanha
Inglaterra
Austrália
Brasil

EXPOSIÇÕES COLECTIVAS:
1989 - Exposição de Fim de Curso; Artesanato de Porto Salvo
1993 - Casa da Juventude de Sacavém, com o apoio da Câmara Municipal de Loures; 4ª Bienal de Escultura ao Ar Livre da Amadora; Galeria Solução Arte, Lisboa
1994 - Galeria de Arte da Cervejaria Trindade, Lisboa;  2ªExposição Colectiva de Artes Plásticas - Associação dos Bombeiros Voluntários de Agualva Cacém; 122ºAniversário da Companhia Carris de Ferro de Lisboa
1995 - Arteempresa II - Galeria Alto dos Moinhos (Metro); Salão Primavera 1995 Salão Nobre C.D. Paço de Arcos; Aparthotel Varandas da Falésia, Sesimbra; Comemoração do 109º Aniversário do Concelho de Loures, Câmara Municipal de Loures; 3ª Exposição Colectiva de Artes Plásticas, Associação dos Bombeiros Voluntários de Cacém; Novo espaço Dárte Lartela, Lisboa
1996 - VI Salão da Primavera, Salão Nobre C.D. de Paço de Arcos; Exposição de Artes Plásticas, Penta Hotel; Galeria Parlatório, Lisboa
1997 - V Mostras de Escultura de Ar Livre da Amadora (C.M.A.); Exposição Anual (Artes) Fórum Cultural do Seixal (C.M.S.); Palácio Gorjão - Museu Municipal do Bombarral; Colectiva ARTES Castro Verde
1998 - Galeria Parlatório Lisboa; Galeria Maria Pia Lisboa; Exposição Anual (ARTES9 Galeria de Exposição Augusto Cabrita, Fórum; Direcção Geral dos Serviços Judiciais, Tribunal do Seixal
1999 - (Artes) Galeria Municipal de Corroios, Seixal; (Artes) Museu de Electricidade, Lisboa; (O Espírito de Abril) oficina da Cultura; C. M. Almada; Galeria de Exposição Augusto Cabrita, Fórum, 25 Anos do 25 de Abril; (Artes) Castro Verde; Exposição Anual (Artes) - Galeria de Exposição Augusto Cabrita Fórum
2000 - Instituto Militar dos Pupilos do Exército, Lisboa; Galeria Obra D’arte, Lisboa; Galeria de Arte Capitel, Leiria; Colectiva Internacional de Pinturas e Esculturas “Sensibilidade”; Tagus Park - Parque de Ciências e Tecnologia, Oeiras; Igreja de Santiago - Monsaraz exposição “Afinidades”
2001 - 6ª Exposição Internacional de Artes Plásticas de Vendas Novas; Espaço Cultural “ CARRIS”; Ermida de Nossa Senhora da Conceição, Belém; Museu de Electricidade, Belém; Galeria Municipal de Corroios, Seixal; Galeria da Cervejaria da Trindade, Lisboa “Recordar os Modelos”; Centro de Arte Contemporânea da Amadora; Junta da Freguesia de Forte da Casa
2002 - Artes – MUNDET – Câmara Municipal Seixal
2003 – Artes 2003, Seixal; Um olhar sobre a Justiça “Galeria d’artes Direcção Geral da Administração da Justiça, Lisboa; XIII Salão da Primavera. Paço D’Arcos; Galeria do Ministério das Finanças, Lisboa; Artes l Postal – Fórum Cultural do Seixal
2004 - XIV Salão da Primavera Paço D’Arcos; Exposição Anual Artes, Seixal; 1ª Exposição Internacional de Artes Plásticas, Sesimbra; Encontro com as Artes Galeria do Centro C.D.T.A.T.D., Lisboa
2005 - Homenagem formal a José Rui – Galeria Artur Bual Câmara Municipal da Amadora; Exposição Internacional de Artes Plásticas Sesimbra; Exposição Colectiva de Artes Plásticas Caldas da Rainha; Concurso de Artes 2005 INATEL
2006 - Exposição de Artes Plásticas Arte na Planície Montemor-o-Novo; Concurso de Artes 2006 INATEL; Anual Artes 2006 Seixal; Exposição Colectiva de Natal da Direcção Geral da Adm. Da Justiça; XVI Salão da Primavera Paço D’Arcos
2007 - Exposição, Quinta do Lago, Algarve; Homenagem Informal a Cruzeiro Seixas, Galeria Municipal Artur Bual, Amadora; Exposição Anual, Artes, Seixal; Exposição “O Atelier da Mãe D´água”, Convento dos Cardais, Lisboa; Concurso de Artes INATEL
2008 - Homenagem Informal a José Garcês; Galeria Artur Bual, Câmara Municipal da Amadora; 2ª IDA (2008); II Internacional D’art 2008, Braga

EXPOSIÇÕES INTERNACIONAIS:
2003 – Viagens sem Tempo, La Cas Elizalde, Barcelona, Espanha

28.06.11 Aniversários dos ascensores e elevador
Aumentar

Este ano venha comemorar os aniversários dos nossos Ascensores, Elevador de Santa Justa e Dia internacional dos Museus connosco.
Desenvolvemos, em parceria com os CTT, uma peça única, para assinalar estas datas. Adquira o seu Inteiro Postal com um carimbo único, nas datas dos aniversários respectivos:
19 de Abril – Ascensor do Lavra
18 de Maio – Dia Internacional dos Museus (Museu da CARRIS)
28 de Junho – Ascensor da Bica
10 de Julho – Elevador de Santa Justa
24 de Outubro – Ascensor da Glória