Museu da Carris

Destaques

Enviar este conteúdo

Os seus dados:

 

Destinatário(s):

Caso pretenda, junte também uma mensagem:

 
Esteja atento às principais notícias e atividades do Museu!

 
22.09.19 Desfile dos Clássicos do Museu



Vem aí o Desfile de Clássicos do Museu da CARRIS!

Dia 22 de setembro às 11h30 e às 14h30.

Percurso: Santo Amaro >> Pç. Figueira >> Santo Amaro
Preço: 10€/ pessoa 
   5€/ crianças dos 3 aos 12 anos (inclusive)
           *As crianças dos 0 aos 2 anos, viajam gratuitamente, desde que ao colo do adulto, só é permitida uma criança ao colo por cada adulto.
Inscrições: museu@carris.pt

21.09.19 Museu da Carris encerrado | 21 setembro



Caro visitante, 

Informamos que o Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 21 de setembro (sábado).

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

18.09.19 Museu da Carris encerrado | 18 setembro



Caro visitante, 

Informamos que o Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 18 de setembro (4.ª feira).

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

11.09.19 PEÇA DO MÊS |Setembro | Zorra
Aumentar


Construída em 1915, a zorra de atrelar n.º 68 serviu para o transporte de equipamentos pertencentes ao serviço responsável pelo assentamento e manutenção das linhas de carros elétricos. Manteve-se ao serviço até finais da década de 80. 

Fazendo conjunto com a Zorra, a Máquina de limar carris (1934) era utilizada para regularizar a face dos carris sobre o qual passava o rodado dos carros, proporcionando-lhes, deste modo, uma melhor aderência.


07.09.19 Museu da Carris encerrado | 7 setembro



Caro visitante, 

Informamos que o Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 7 de setembro (Sábado).

Pedimos desculpa pelo incómodo causado

29.07.19 Horário de Agosto | Alteração

De 1 a 31 de agosto, o Museu da CARRIS encerra para almoço entre as 13h e as 14h, nos dias úteis.


Horário de agosto
Dias úteis e sábados
10h às 13h (última admissão às 12h30)
14h às 18h (última admissão às 17h30)

Encerra aos domingos e feriados.

 

11.07.19 PEÇA DO MÊS | Julho | Máquina de Impressão Brillant Special
Aumentar

Máquina de Impressão “Brillant Special” da emblemática empresa “A. Hogenforst – Leipzig”, 1926. Modelo “Brillant Special XPX” com dispositivo de adaptação a comando individual.


Oficina de Tipografia

A oficina de tipografia foi criada em 1878, tendo por objetivo a impressão de bilhetes que, assim, deveria não só ser mais económica como, igualmente, permitir um combate mais eficaz á falsificação de títulos de transporte.

Os cunhos e matrizes originais foram fabricados nas oficinas de selo da Casa da Moeda.

No fim do 1º ano de atividade, a oficina dispunha de um prelo e de uma guilhotina, manuais, e de uma máquina de picotar. Esta oficina foi encerrada em Dezembro de 2003. 

Uma exposição o visitante pode acompanhar as diversas fases de trabalho de impressão: composição, impressão, corte e encadernação e acabamentos.



01.06.19 Peça do Mês | Junho | Livro de Bilhetes de Assinatura
Aumentar


Existe, em exposição no Núcleo 1 do Museu da Carris, um registo fotográfico de titulares de bilhetes de assinatura que se admite datar da transição do século XIX para o século XX. 

Uma mala de couro que contém um volumoso maço de folhas de cartolina azul nas quais, em lugar próprio, junto ao número atribuído a cada um desses títulos de transporte, foram coladas as fotografias dos seus titulares, acompanhadas, na maioria dos casos, das suas assinaturas.

Dos 2625 retratados, apenas 40 são mulheres, o que se traduz numa percentagem de 1,5%.



24.05.19 Museu da Carris encerrado | 24 maio



Informamos que o Núcleo II do Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 24 de maio (6.ª feira).

Apenas será possível visitar os Núcleos I e III, sendo os respetivos títulos de entrada sujeitos a um desconto de 50%.

18.05.19 Museu da Carris encerrado | 18 maio


Caro visitante, 
Informamos que o Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 18 de maio (sábado).
Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

11.05.19 Museu da Carris | Núcleo II encerrado | 11 a 21 maio



Informamos que, devido à realização da Feira JustLx, o Núcleo II do Museu da CARRIS encontra-se encerrado no período de 11 de maio até 21 de maio.

Durante este período de tempo apenas será possível visitar os Núcleos I e III, sendo os respetivos títulos de entrada sujeitos a um desconto de 50%.

Para informações sobre a Feira JustLx visite o site > http://justlx.pt/pt-pt/

Para ter conhecimento das atividades educativas que promovemos dentro da feira consulte > https://www.facebook.com/servicoeducativo.museucarris/

01.05.19 Peça do Mês | Relógio de Ponto
Aumentar

Relógio de ponto por sistema de cartões “Standard Card” da National Time Recorder Company Ltd. de 1936, inserido em caixa de madeira de carvalho, 108x35x29 cm. Foi adquirido a 28 de novembro de 1938, à "The Modern Office”.

Pode observar esta peça no Núcleo 1 do Museu da Carris na Secção dedicada ao trabalho administrativo. 


27.04.19 Museu da Carris encerrado | 27 abril


Caro visitante, 
Informamos que, por motivo de obras, o Museu da CARRIS se encontra encerrado no dia 27 de abril (Sábado).
Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

22.04.19 PARTE DO NÚCLEO II DO MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 24 ABRIL A 10 MAIO

Caro visitante, 

Informamos que, por motivo de obras, parte do Núcleo II do Museu da CARRIS encontra-se encerrado no período de 24 de abril a 10 de maio.

Durante este período de tempo apenas será possível visitar os Núcleos I e III, sendo os respetivos títulos de entrada sujeitos a um desconto de 50%.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

21.04.19 Museu da Carris encerrado | 23 abril

No dia 23 de abril (3.ª feira), o Museu da Carris está encerrado.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

09.04.19 NÚCLEO II DO MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 9 ABRIL

No dia 9 de abril (3.ª feira), o Núcleo II do Museu da CARRIS está encerrado.

Neste dia, será possível visitar os Núcleos I e III gratuitamente.


01.04.19 Peça do Mês | Elétrico n.º 802
Aumentar

Série 801 a 810

Fazendo parte de um conjunto de 5 unidades, rapidamente alargado a 10, o carro elétrico n.º 802 entrou em circulação em Novembro de 1939.

As sucessivas alterações introduzidas ao longo do seu já mais de meio século de existência fizeram-no perder muitas das características de origem que hoje, restaurado, de novo ostenta e de que se salientam, entre outros, as cabines para o guarda-freio, os vidros no tejadilho, o próprio esquema cromático. Saiu de serviço em 1983.

Os veículos desta frota eram bastante amplos e pesados. O nº801 andava regularmente ao serviço e se lermos rapidamente o número 801 percebemos a semelhança entre os caracteres numéricos e as letras. Devido a estes dois aspetos apelidaram os exemplares desta frota de “Boi”. Era muito comum atribuir alcunhas aos elétricos, em particular, e transportes em geral. Pensemos no “Bigodes” ou nos “Lambretas” da CARRIS ou até mesmo no “Chora” de Eduardo Jorge.

06.02.19 Peça do Mês | Miniatura do Carro Elétrico nº901
Aumentar





Modelo, com as dimensões 116x22x29 cm, construído nas Oficinas da Estação de Santo Amaro. Representa um dos 10 carros elétricos motores de grande dimensão, série 901 a 910, que entraram ao serviço em 1947.

Esta frota do período pós-guerra possuía uma caixa igual às dos 700, todavia, sendo mais compridos. Como principal inovação há a apontar a forma trapezoidal das plataformas. Excetuando o carro nº903, os restantes desta série saíram de serviço entre 1989 e 1991. 

Pode visitar a Miniatura do nº901 no Núcleo I do Museu da CARRIS e um exemplar, o nº 904, na Nave II do Núcleo 2 do Museu da CARRIS.





28.01.19 MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 28 E 29 DE JANEIRO



No dia 28 e 29 de janeiro (2.ª e 3.ª feira), o Museu da CARRIS está encerrado.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

10.01.19 Exposição Temporária | Ofícios da Companhia
Aumentar

A exposição temporária "Ofícios da Companhia" foi prolongada até dia 22 de março (sexta-feira).

04.01.19 Peça do Mês | Réplica de Fotografia do Arquivo do Museu da Carris
Aumentar

Fotografia do Autocarro nº3 A.E.C. Regal Mark III, recebendo passageiros junto ao Marquês de Pombal. 

Datada da década de 50 trata-se de um de vários registos da circulação dos antigos autocarros verdes da A.E.C e Daimler. 

Estes documentos gráficos guardados no Arquivo do Museu da Carris propõem ainda uma viagem cronológica pela cidade de Lisboa lembrando-nos do seu desenvolvimento sempre acompanhado pela história da CARRIS.

Esta imagem foi cedida ao Museu da Carris pelo Senhor Fernando José Gomes Ravasco de La-Granje, quando reformado da função de chefe do movimento de elétricos.

24.12.18 MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 24 e 31 DEZEMBRO



No dia 24 de dezembro (2.ª feira) e 31 de dezembro (2.ª feira) o Museu da CARRIS está encerrado.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

14.12.18 MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 14 DEZEMBRO



No dia 14 de dezembro (6.ª feira), o Museu da CARRIS está encerrado.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.

04.12.18 Peça do Mês | Carro Americano nº100
Aumentar

Em 1873 a Companhia Carris de Ferro de Lisboa inaugurou o seu serviço ao Público com viaturas de transporte urbano a tração animal deslocando-se sobre carris.

Apelidados, pela gíria, de “Americanos”, eram puxados por dois animais. A entrada em circulação do serviço de carros elétricos em 1901 conduziu à sua total extinção. Ilustrando um dos modelos desaparecidos, a réplica que aqui se apresenta, foi integralmente construída nas oficinas CARRIS em 2001 com base num projeto datado de 1886. Pode visitá-la no Núcleo 2 do Museu da Carris.


A história da Companhia de Carris de Ferro de Lisboa é divida em três partes: a fase inicial, a dos “americanos”, começou em 1873, com a inauguração da primeira carreira entre Santos e a Estação de St.ª Apolónia. Em 1901 tem início a segunda fase, com a inauguração da primeira carreira de carros eléctricos, entre o Terreiro do Paço e Algés. Em 1944, tem início a terceira fase, a dos autocarros que, juntamente com os eléctricos, se estende até aos nossos dias.

Os fundadores Francisco Maria e Luciano Cordeiro de Sousa receberam a Concessão Camarária para o estabelecimento de Caminhos de Ferro “Americanos” em 1872. Construídos pela firma John Stephenson & Cº de Nova Iorque, foram encomendadas 30 carruagens, desembarcadas em Lisboa a partir de Junho de 1873. 

Ao longo do tempo surgiram outras empresas no sector que também actuavam em Lisboa: Jacinto, Florindo, Joaquim Simplicio, Ripert e, claro, o “Chora” de Eduardo Jorge. De todos estes veículos, estilo americano, apenas os da C.C.F.L circulavam sobre carris.

Comprimento do Carro: 6m
Comprimento da Lança: 2,040m                                                                                                
N.º Rodados: 4 de 0,75m
Travões: 2, manuais às rodas 

01.12.18 MUSEU DA CARRIS ENCERRADO | 1 E 8 DEZEMBRO



No dia 1 e 8 de dezembro (sábados), o Museu da CARRIS está encerrado.

Pedimos desculpa pelo incómodo causado.